Bombeiros colombianos conhecem técnicas de atendimento do CBMDF

Ao longo desta semana, delegação participa de diversas atividades que integram o acordo de cooperação técnica entre Brasil e Colômbia

Bombeiros e membros do governo colombiano estiveram na tarde de hoje (30) no Grupamento de Atendimento de Emergência Pré-Hospitalar (GAEPH), localizado no Guará. Os colombianos chegaram a Brasília no último domingo (27) para conhecer a estrutura do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF). O objetivo da visita foi conhecer as instalações do local e assistir a uma demonstração de atendimento de resgate por meio de motocicletas (moto resgate), conhecer os instrumentos utilizados no atendimento e como é feita a assepsia desses materiais.

A chegada da delegação à capital federal faz parte da Cooperação Técnica Internacional intermediada pela Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores (MRE). A representante da Gerência de Municípios do Governo de Antioquia, da Colômbia, Cláudia Osório, explicou que o acordo de cooperação foi solicitado por meio de carta ao presidente da República, Michel Temer, para um intercâmbio de conhecimento.

“Os bombeiros que participaram do socorro às vítimas do acidente aéreo com o time de futebol Chapecoense tiveram dificuldades durante o regaste, devido ao local ser de difícil acesso. Então buscamos essa parceria para aprimorarmos nossas técnicas”, disse Osório.

Segundo o chefe da Assessoria Internacional de Cooperação Técnica do CBMDF, Major Fábio Moreira, a corporação do DF foi escolhida por conta da experiência e técnicas desenvolvidas. Uma equipe composta por quatro militares irão até a Colômbia ministrar cursos para a corporação de lá em outubro e em março do próximo ano.. “A capacitação irá abordar procedimentos técnicos que devem ser adotados em situações de busca e salvamento, sobretudo em locais de difícil acesso”.

A delegação ficará em Brasília até o dia 1º de setembro cumprindo agenda de palestras, demonstrações das técnicas utilizadas pelos bombeiros locais e visitas para conhecer a estrutura dos grupamentos militares.

Edição: Adriana Machado

Fonte:   Priscila Rodrigues 

foto: Flavio  Alves